sexta-feira, 14 de novembro de 2008

I Ciclo de Palestras Virtuais do NEPHE - 14/11 - Desemprego na RMPA


A segunda palestra do I Ciclo de Palestras Virtuais do NEPHE atingiu os objetivos propostos. A pesquisadora Fátima Previdelli apresentou os resultados de seus estudos sobre o desemprego na Região Metropolitana de Porto Alegre nas dependências da Faculdade de Economia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), como atividade do NEPHE, no último dia 14, às 10h.

Segue o material apresentado por Fátima:

http://luizedusouza.googlepages.com/DesempregonaRMPA.ppt

Que venham as próximas.

Abraços

Luiz Eduardo

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Mais uma Palestra Virtual do NEPHE - 28/10/2008

Tema: A Economia Brasileira Sob a Crise do Fordismo
Palestrante: Vitor Eduardo Schincariol
Local: UERGS - São Borja
Horário: 20:00 h.
Para quem estiver na rede e quiser acompanhar - em tempo real - a palestra, basta adicionar nephe.palestra ao skype.

Abraços

Luiz

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

I Palestra Virtual do NEPHE - UFRGS: 14/11/2008

No próximo dia 14/11, sexta-feira, às 09:00h, no anfiteatro da UFRGS, será realizada a primeira palestra virtual do Núcleo de Economia Política e História Econômica.

Tema: "Desemprego na Região Metropolitana de Porto Alegre".
Palestrante: Fátima Previdelli.
Meio: Videoconferência.
Mediador: Luiz Eduardo Simões de Souza

Outras palestras até o final do ano estão agendadas, mas aguardam confirmação.

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Seminário Schumpeter - suspensão e adiamento

Devido a problemas técnicos e de agenda de membros do seminário realizado pelo NEPHE, a parte virtual do seminário Schumpeter encontra-se temporariamente suspensa, com provável retomada no início de 2009.

O seminário presencial realizado pelo NEM prossegue, com as características do próprio Núcleo de Economia Mundial, e certificação exclusiva acadêmica do mesmo. Em próximas oportunidades, buscaremos nova produção conjunta.

Abraços

Luiz E. S. de Souza

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Seminário Schumpeter - reunião NEM 26/09 e reunião NEPHE 27/09

Nesta semana última de setembro, as discussões do primeiro capítulo de
"A Teoria do Desenvolvimento Econômico" do Grupo do NEM na UFAL terminaram.
Salta à vista o nível de detalhamento de Schumpeter ao pensar todas as particularidades essenciais de um sistema econômico - no caso, da teorização dum sistema econômico cujo "fluxo circular" é sempre o mesmo.
Um aspecto interessante do "modelo" é o modo pelo qual Schumpeter indica que todas as empresas produzem os seus próprios meios de produção: "os bens de produção são itens transitórios e não envolvem nenhuma formação de valor independente numa economia de troca; não há nenhum fluxo de renda para aqueles que os possuem em um certo momento" (p.61). Isto se explica pelo fato de que aqui não há acumulação; o setor de bens de produção não tem centralidade nesta economia teórica.
Há um único momento decepcionante, que está no final do capítulo. Ali Schumpeter envereda por obviedades e tautologias ao falar da relação entre indivíduo e sociedade ("A totalidade das relações econômicas constitui o sistema econômico, justamente como a totalidade das relações sociais constitui a sociedade")(p.66).

De qualquer modo, rumo ao segundo capítulo...
(V.E.S)

PS - Conforme reunião realizada na última quinta-feira (25/9), o pessoal da parte virtual do NEPHE iniciará neste sábado (27/9), às 16:30, em reposição à falta de quinta-feira, o estudo do primeiro capítulo. O material, de toda forma, já está postado.
Um ponto importante que aparece na "apresentação" da edição de 1982 é a caracterização deste modelo do capítulo 1 como o de uma economia "estacionária", ou seja, per definitio não produtora de excedente. Outro ponto que é inteligentemente apontado pela apresentação de 1982 é a chamada de atenção para o fato de que a estacionariedade da economia não impede que seu produto seja, ainda assim, objeto de distribuição desigual. Schumpeter atribui isso à "natureza dos bens", num primeiro momento, integrando essa condição à própria natureza do fluxo circular da vida econômica, mais para o final do capítulo. Infelizmente, a interessante apresentação da edição de 1982 foi subtraída das edições de 1983 e 1987.
Na próxima quinta (09/10), serão discutidos os aspectos referentes a este capítulo dentro do desenvolvimento da obra do próprio Schumpeter e a importância e influência diretas que "O Fluxo Circular da Vida Econômica" exerceu sobre o pensamento econômico do século XX, nos campos da teoria e da metodologia econômicas. Mas podemos adiantar uma coisa, como aperitivo: ainda que consistam hoje "tautologias", as concepções de "economia" e "sociedade" ali presentes têm a virtude da clareza e concisão, sintetizando, em sua aparente simplicidade, conceitos das escolas histórica alemã (T. Mommsen, por exemplo) e econômica austríaca (Böhm-Bawerk e Carl Menger, por exemplo). Ademais, as obras posteriores de Schumpeter mostrariam um amadurecimento em vários aspectos (há uma tomada de posição sobre a teoria do valor que fica clara em "Business Cycles", de 1933, por exemplo), dentre os quais um maior detalhamento e rigor de método são manifestos (a parte I da História da Análise Econômica, de 1951, é a zênite desse movimento). Na maturidade, Schumpeter pagaria - com sobra - o tributo de uns poucos movimentos bruscos da juventude. É por isso que vale a pena lê-lo e relê-lo, em qualquer idade.

Até sábado!

(LvÜuÜ)

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

ANPUH-SP, 5 a 12/9/2008



Prezados:

conforme antecipamos, estamos indo participar de evento acadêmico em São Paulo nessa semana.

Como não teremos acesso direto e freqüente à internet nesses dias, pedimos a compreensão de todos para eventuais atrasos nas postagens ou nas respostas a e-mails.


Abraços


Luiz

sábado, 30 de agosto de 2008

Seminário Schumpeter - Cronograma das Conferências Virtuais




Expositores:

Luiz Eduardo Simões de Souza (UFRGS/UERGS)
Júlio Gomes da Silva Neto (UFAL)
Vitor Eduardo Schincariol (UFAL)
Fátima Previdelli (FICS/USP)


As reuniões se darão às quintas-feiras, das 09:30h às 11:30h.


Até lá.
PS - ERRATA: nos dias 06/11 e 13/11, a exposição será feita pelo prof. Vitor Eduardo Schincariol. No dia 20/11, a exposição será feita pelo prof. Luiz.

Primeira reunião presencial

Deu-se ontem (29.08) a primeira reunião presencial, no departamento de Economia da UFAL, para discussão do capítulo 1. Inicialmente debateu-se como Schumpeter "arma" os elementos teóricos do fluxo circular da renda sem crescimento econômico, organizando um modelo a partir do qual vão se dar os elementos de crescimento. Particularmente, chamou atenção a aceitação dos postulados marginalistas, a eleição da função de "dirigente" da produção como um terceiro fator produtivo elementar ao lado da terra e do trabalho e a centralidade da vida econômica no indivíduo. Alguns aspectos permaneceram obscuros a alguns membros do grupo, como o postulado da ausência do "lucro" no fluxo circular sem crescimento. Preparou-se o terreno para a questão fundamental de avaliação de um "Schumpeter burguês" ou não, que promete "esquentar" nas próximas reuniões.

Segue link para fichamento e problematização do primeiro capítulo: http://veschincariol.googlepages.com/home

Rumo à segunda reunião!

Divisão das Leituras no Seminário Presencial




Seminário: Leituras de Desenvolvimento Econômico

"Teoria do Desenvolvimento Econômico", de Joseph A. Schumpeter


Organizadores: Luiz Eduardo Simões de Souza (UFRGS), Julio Gomes Neto (UFAL) e Vitor Eduardo Schincariol (UFAL)
Professores participantes: Márcio Porangaba (UFAL)
Alunos Participantes
UFAL:
Arnóbio Chagas Cavalcanti
José Humberto Silva Filho
Thiago Peixoto de Almeida Cavalcante
Patricia Costa de Oliveira Rodrigues
Joyce Helena Ferreira
Carlos Humberto de Albuquerque Spinelli
Mariana de Almeida
Divisão das Leituras nas reuniões presenciais
no Departamento de Economia da Universidade Federal de Alagoas

29.08.2008. Capítulo 1. Fluxo circular da vida econômica como condicionada por circunstâncias dadas. Vitor
12.09.2008. Capítulo 2. O fenômeno fundamental do desenvolvimento econômico. Julio
19.09.2008. Capítulo 3. Crédito e Capital. Spinelli/Mariana
26.09.2008. Capítulo 4. Lucro empresarial. Joyce/Humberto
03.10.2008. Capítulo 5. Interesse sobre o capital. Patricia
10.10.2008. Capítulo 6. O ciclo econômico. Arnóbio/Thiago

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Seminário Schumpeter. Pretexto 1:


Um estudo mais recente sobre a TDE de Schumpeter, apresentado no Rio de Janeiro, em 2006:



Seminário Schumpeter - NEPHE e NEM


A partir de 18 de setembro, terá início uma iniciativa integrada dos Núcleos de Economia Política e História Econômica (NEPHE) e de Economia Mundial (NEM). O Livro estudado será a TEORIA DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, escrito por Joseph A. Schumpeter no início do século XX. Um livro repleto de idéias e insights que permeariam o debate sobre o desenvolvimento econômico nas décadas seguintes.

O seminário terá uma parte dada em conferência virtual e outra presencial.

Mais à frente, mais informações.

quarta-feira, 16 de julho de 2008

quarta-feira, 7 de maio de 2008

quarta-feira, 23 de abril de 2008

SEMINÁRIO MARSHALL: material para esta quinta, 24/04


Segue o material elaborado por Júlio Gomes Neto para esta quinta, 24/04. São os capítulos 4 a 7 do livro IV do volume I.

http://nepheusp.googlepages.com/marshalllivroIV4a7.ppt

terça-feira, 8 de abril de 2008

SEMINÁRIO DOBB: CRONOGRAMA

Participantes:
Luiz Eduardo Simões de Souza
Rodrigo Lima e Silva
Brunna Bozzi

quarta-feira, 2 de abril de 2008

SEMINÁRIO MARSHALL: 03/04


Olá, pessoal.

Segue o material de exposição do 4o. seminário Marshall, composto de metade do livro quarto, o que aborda a renda da terra marshalliana e sua visão da "lei dos rendimentos decrescentes".

Até mais!

terça-feira, 1 de abril de 2008

SEMINÁRIO DOBB - Edições de A EVOLUÇÃO DO CAPITALISMO




Desde seu lançamento,
A EVOLUÇÃO DO CAPITALISMO recebeu várias edições. A primeira, da década de 1960, é da Zahar. No início da década de 1980, o livro recebeu uma edição da Abril que compõe a série OS ECONOMISTAS.
Depois, na década de 1990, a editora Guanabara também resolveu fazer uma nova edição do livro.

Isto posto, surgem duas perguntas que devemos responder aqui:
(1) Qual edição seria a melhor para acompanhar o seminário?
- tanto faz. Eu estarei usando a da Abril, mas como vamos estudar capítulo a capítulo, o número de páginas é irrelevante.

(2) Existe mudança significativa de uma edição para a outra?
- existem algumas diferenças de tradução, mas não chegam a comprometer ou dar duplo sentido à interpretação do texto. Dá para acompanhar sem problemas.


Seminário Maurice Dobb


Atenção, povo:
vamos incluir aqui um outro seminário do NEPHE que está em curso. Trata-se de A EVOLUÇÃO DO CAPITALISMO, de Maurice Dobb. Essa obra clássica da historiografia econômica, escrita em 1945, será abordada em dez semanas, nas sextas-feiras, às 14 horas. Além da presença do Moderador, temos Bruna Bozzi Feijó nas apresentações. Mais interessados podem entrar em contato pelo skype (luiz.eduardo.simoes.de.souza) ou pelo e-mail luizedu@hotmail.com.
Em breve, o cronograma das apresentações.
O seminário Marshall continua, nas quintas-feiras, no mesmo horário.

quarta-feira, 26 de março de 2008

SEMINÁRIO MARSHALL Apresentação - livro 3




Segue a apresentação em Powerpoint para o acompanhamento da exposição de 27/03.
Fátima

SEMINÁRIO MARSHALL - Um textinho de Thorstein Veblen sobre a Utilidade Marginal



Como o texto já foi citado em outras ocasiões, aí vai:


Trata-se de uma crítica do pai da Economia Institucional ao que chamava de "cálculo hedonista" na teoria do valor. Serve como contraponto ao assunto desta semana.

quinta-feira, 6 de março de 2008

REVISTA DE ECONOMIA POLÍTICA E HISTÓRIA ECONÔMICA - Números 10 e 11

http://rephe01.googlepages.com












Apareceram enfim os números 10 e 11 da Revista de Economia Política e História Econômica - REPHE - lançada pelo NEPHE.




A revista 10 é especial em comemoração ao centenário de Caio Prado Júnior, contendo artigos e resenhas sobre o historiador brasileiro, além da transcrição de uma palestra organizada pelo núcleo na Fundação Getúlio Vargas, em 12/12/2007.




A revista 11 é um número regular do quarto ano de publicação ininterrupta.
Ambas podem ser baixadas do site http://rephe01.googlepages.com




quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Pretexto 2, Alfred Marshall e os Princípios de Economia: notas bio-bibliográficas.


Segue texto, com algumas observações sobre a trajetória intelectual e as obras de Alfred Marshall, além de um conjunto de comentários sobre a estrutura dos Princípios de Economia.




Abraços


Luiz

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Para-texto 1: OLSON, Carl-Axel. Alfred Marshall and Economic History: an essay


Para um aquecimento no meio dos 15 dias para o primeiro capítulo dos PE, segue um estudo da Universidade de Lund que contextualiza o trabalho que estamos abordando. Está em pdf:

http://www.mobergpublications.se/other/marshallp.pdf

Nele, Olsson situa tanto a posição acadêmica de AM como professor da Cadeira de História Econômica de Cambridge, frente ao debate sobre o papel das forças produtivas na dinâmica da História, como mostra a relação de um economista-historiador com a metodologia da História Econômica.

É notável o fato de que Marshall, como historiador econômico, tinha grande desapego à abordagem quantitativa que se consolidaria no início do século XX, especialmente se levado em conta o rigor matemático dos apêndices dos Princípios.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Cronograma das Exposições


Participantes

Participam deste Seminário:

Fátima Previdelli (USP/FICS)
Julio Gomes da Silva Neto (UFAL)
Luis Juliano Macedo Vieira (UNIP)
Luiz Eduardo Simões de Souza (UERGS/UFRGS)

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Fone SKYPE

Pessoal,
segue o meu skype para contatos sobre o seminário:

luiz.eduardo.simoes.de.souza

Amanhã teremos a seqüência dos textos.

Abraços

Luiz Eduardo

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Um Link Introdutório sobre Alfred Marshall

http://cepa.newschool.edu/het/profiles/marshall.htm

O site inteiro é bacana. Vale a visita.
Assim começamos a criar os "para-textos", que são interessantes, se todos têm acesso a eles.

Abs.

Luiz Eduardo

Seminário Marshall inicia em 21/02

Prezados:

É com grande satisfação que iniciamos as atividades dos seminários do NEPHE - Núcleo de Economia Política e História Econômica - de 2008.

O primeiro livro do ano será Princípios de Economia, de Alfred Marshall.
Aqui será postado material e comentários a respeito do desenvolvimento, que se dará pelo SKYPE.

Esperamos a participação de todos, não apenas os estudantes e pesquisadores do NEPHE, mas até os curiosos em Economia Política e História Econômica.



Abraços

Luiz Eduardo Simões de Souza